Publicações - Publications


 Revistas
 Magazines
 Textos
 Articles 
 Congressos
 Conferences

Congressos /  Conferences:
Trabalhos apresentados e publicados em congressos internacionais e nacionais


Historia de vida de Reginaldo T Coelho anos 70 a 1985
Textos e artigos sobre as constelações sistêmicas:





Contelações sistêmicas

Publicações em revistas e jornais
 
Resumo sobre o Congresso Internacional de constelações sistêmicas Explicando o Inexplicável México Acapulco-5 a 8de setembro 2013
Este resumo foi a síntese das conferencias ,mesa redondas e workshop vivenciado pelo brasileiros que participaram

Congresso Internacional de constelaçoes Sistemicas

Explicando o inexplicavel

Acapulco Mexico 5 a 8 setembros 2013- Hotel Fairmont Princess

Comitê organizador do Instituto de soluções sistêmicas do México

SuJey Aleman, Pino Rizzo Emma Sanches

-Abertura com um ritual ancestral dos povos indígenas mexicana ( Astecas.Olmecas Mayas) pedimos permissão para que o evento enriqueça nosso espírito.Linda apresentação com danças e ritos

-Abrindo o coração ao inexplicavel com a terapeuta colombiana Carolla Castillo uma das precursoras das constelações na America do Sul

-Ampliando a visão do inexplicável rompendo com os paradigmas com Cecílio Regojo

Conferencia magistral de abertura: Os neurônios espelhos e empatia com neurocientista Marco Iacobini Uma visão contemporânea para aprofundar o sentido da conexão entre cliente, terapeuta, protagonista consultantes e o campo morfogenetico das constelações e seus representantes este neurocientista nos convida com as pesquisas dos neurônios espelhos que funciona em ressonância no nosso cérebro e estas relações na terapia.

Conferenciam sobre Trauma, vinculos, ancestrais, espiritualidade e o corpo.

 

Bertold Ulsamer O entendimento do trauma alcances e limites do trabalho dos consteladores. Bertold foi um dos colaboradores de Hellinger na montagem do processo das constelçoes e também estudou comPeter Levine especialista das terapias do trauma. Mostrou para nos que em muitas situaçoes de trauma dos clientes, nos nao podemos fazer nada a nao ser escutar dar um apoio sem querer ter a pretençao de ‘constelar o trauma’ e que muitos consteladores inexperientes retraumatizam os clientes fazendo voltar a situaçao traumatica sem dar uma soluçao e nao levando a lugar nenhum. Enquanto consteladores temos que saber dos nossos limites como constelador, nas situações traumáticas nos não podemos lidar com elas- é sermos honesto e dizer isto ao cliente e encaminhando para um trabalho especifico de terapias para traumas como a Somatic experience especializada em reviver traumas de uma forma acolhente e segura.

Mesa redonda O corpo nas constelaçoes

Participaram: Prem Dayal, Mariane Franke, Carola Castillo, Bertold Ulsamer.

 

 De como a constelação è uma terapia corporal no sentido do corpo dos representantes falam da historia e do processo do cliente. Mesmo o tipo caracterial que foi escolhido para representar uma pessoa tem haver com aquela situação. O grau de presença no corpo dos protagonistas e tambem do cliente que muitas vezes quer se ausentar do que esta vendo ou acontecendo em sua frente. Muitos dos participantes vieram das terapias corporais, bioenergética, reich etc. tem a compreensão da força do caráter.

Conferência Magistral com o físico alemão Thomas Gornitz A ciencia e a abertura do coraçao

Este è um dos expoentes maximosda fisica quantica modernae conosco vem tecer uma ponte maravilhosa entre a ciencia e aespiritualidade que seguramente vai nos fazer questionarmuitos dos nossos paradigmas atuais. Muitos das investigaçoes sobre o comportamento dos quantuns de energia e algumas leis que regem estes comportamentos das partículas subatômicas vão nos clarear sobre comportamentos e fenomenos nos campos da constelaçoes sitemicas e nos explicar alguns desses fenomenos energeticos.

Curando o movimento interrompido com Ursula Franke

 Ursula propos uma constelaçao que houvesse a tematica de movimento interrompido na infancia. Nesta situaçao trazida por um participante ela pode nos demonstrar como tratar e dar um suporte e apoio atraves da vivencia do protagonista a questao de dar suporte, dar um continente afetivo quando houve uma grande falta ou perda este movimento afetivo e expresso sempre com o corpo, com o abraço com o apoio das mãos, com o olhar de ternura Muitas momentos o cliente era colocado entre o pai e a mae como se fosse um ‘sanduíche’ para reforçar o apoio e o suporte afetivo. Toda a constelaçao ocorreu em um clima de amor, ri timo lento sempre levando em conta a restituiçao do movimento afetivo intemrrompido.

Info www.ursula_franke.de

Conferencia magistral com Jacob Schneider

Constelaçoes sitemicas: psicoterapia, filosofia, magia?

Nesta conferencia Jakob relata vários casos bem impressionantes em especial o caso do avo que era camicase japonês na 2ª guerra mundial e o neto tinha tendências a’ pegas de carro’ bem suicidas onde sempre estava por um fio da morte mostrando inconscientemente a sua fidelidade a este avo, reproduzindo em sua vida esta tendência suicida heroica. Com estes exemplos ele quiz pontuar as “coincidencias” e os processos produzidos pelos campos morficos dos sistemas familares que promovem repetiçoes, coincidências, destinos pouco comuns, que se forem vistos parecem magia, mas è a magia das constelaçoes que com a representação pontual de uma situaçao ‘trás a tona’ todos os conteudos implicitos na situaçao e principalmente aqueles sistemas aonde houve neglicencia ou negaçao das ordens naturais do amor que regem os sistemas familiares. A quebra destes processos repetitivos e tragicos pela integraçao daqueles que foram excluídos, negados e na terapia è o mágico ao mesmo tempo.

 Workshop Os caminhos e avanços das constelaçoes sitemicas

Ingala Robi Ajudar a ajudar

Ingala propõem os cinco requisitos para uma relaçao ser verdadeiramente de ajuda e nao uma projeção de uma necessidade infantil de ‘salvar o outro’ ou ‘salvar o papai ou a mamãe’:

Terapeutas como doadores- profissionais que nao inspiram confiança

Constelação nao è um espaço para se sentir em um “espaço de dois” para este espaço se faz numa sessao individual e num processo terapêutico de longo prazo

As vitimas sao pessoas que seguem os outros e não ‘assumem escolha’, se rompe com este modelo desenvolvendo recursos pessoais, e com um terapeuta.

Dizer uma coisa mais de uma vez è ficar no papel de “ajudador compulsivo”

O lugar determina os sentimentos dos protagonistas e do representado

So se pode fazer algo quando se encontra um bom lugar dentro do espaço sistema

Quando estamos num bom lugar temos confiança

Neste workshop Ingala constelou uma situaçao de uma ONG de campesinos produtores de café e os organizadores desta Ong e os doadores estrangeiros. Numa situaçao destas os campesinos o lavrador da terra tem o lugar de precedência, de prioridade e os doadores e adminstradores da Ong ficam mais no final num lugar de serviço e de honrar estar doando e administrando, mas honrando primeiro os trabalhadores da terra que conhecem e vivem na terra. O achar o “bom lugar” nesta constelação foi fundamentada  

 

 Mesa redonda: Os mitos das constelaçoes sistêmicas

Jakob Schneider, Ingala Robi, Victoria Snesh,condutor Cecilio Regojo.

 

“Muitos métodos que proveem da psicoanalise se comportam como numa Igreja:” pode isto, num pode aquilo, ‘ isto è certo isto è errado”.

Nas constelações- Mito de curar... Como se a constelação curar se algo... muitos consteladores fazem promessa de cura aos clientes....’curando’ atravez da constelaçao principalmente com doenças fisicas e psicossomaticas.

Mito das soluçoes _ “tem sempre que haver uma solução a qualquer preço”

Mito da universalidade das constelações_ cada cultura tem seus padroes de saude de certo errado consteladores tem que levar em conta a historia, o contexto, a cultura, raça e religiao do cliente.

Questione em você mesmo, constelador, se voce è um facilitador ou voce acha que esta ‘curando alguém’.

Dois extremos; ou se faz constelação ou cura e se nao faz nao cura?

A cura depende de vários fatores não só os sistemicos

 Mitos idiotas: não falar depois das constelações – cada um sabe de si tratamos de adultos e não de criancinhas que precisam saber ‘’o que fazer’, cada ser maior de idade è responsável pelos seus atos não precisamos determinar nada. Podemos sugerir, um silenciar para potencializar isto no maximo

Mito olhou par abaixo “tem um morto ai” também é balela è melhor checar com o cliente o que ele esta vendo ali ou se esta vendo qualquer coisa ou alguem ao invés de ‘delirar o mito’.

Mito de fazer constelações so de ‘tanto em tanto’ cada um sabe quando se deve constelar

 

Fórum "O Alcance Social"

 

Zaquie Meredith, Francesca Boring, Ursula Franke e Bill Manlle. 

 

Chegamos à conclusão de que a melhor maneira de espalhar as constelações pode ser através de uma Palestra

Na sua comunidade, por exemplo, uma entrevista na TV ou Rádio. Nem sempre é preciso colocar o nome

"Constelações Familiares”, mas, pode-se começar com Conflitos Familiares e depois colocar o nome das Constelações. 

 

Debatemos durante 45 minutos esse assunto. Cada um falou do seu país e Bill Manlle falou sobre o seu trabalho com

Adolescentes, filhos de pais alcoólatras, por exemplo, a Francesa falou sobre constelações indígenas, a Úrsula sobre.

Seu trabalho e eu falamos sobre um Projeto Social com ex-presidiários. 

 

Foi excelente a receptividade.

 

Zaquie C Meredith, socióloga, psicoterapeuta, escritora 

www.zaquie.com

zaquie@zaquie.com 

 

O Futuro das constelações na Ibero America

Fórum: Explicando o inexplicável na Ibero America

Carola Castilho, Ingala Robi, Carlos Bernues, Reginaldo Teixeira coelho, Tarso Firace, Joan Garriga, Maria Dolorespaoli, Marianela Vallejo.

 Uma discussão sobre o crescimento expansão do método das constelações sistêmicas no mundo latino perspectivas desafios como iberos americanos os novos caminhos e o futuro.

 Reginaldo Coelho (Regis)

 

Falou do sonho que teve em 1998,quando estava com Bert Hellinger na primeira vez na Argentina, Buenos Aires O sonho apresentava uma nave espacial aonde se encontravam vários cientistas filósofos terapeutas como Bert, Frijord Kapra, Stanislav Grof, Brown, Asmit Gosvani e outros tantos. Todos estavam esperando a presença do Cristo que iria dar as direções sobre a nova dimensão que a humanidade iria tomar. Esta dimensão era a 4ª dimensão ou dimensão do quarto centro de força ou chacra. Explicava o Cristo que seria uma mudança profunda nas relações humanas que eram ate então regidas pelo 3° centro ou centro do poder pessoal, e que a partir de então todas as relações de poder entre os homens seriam revisadas do ponto de vista do amor, do respeito aos limites de cada ser, do dar e receber, e que todo o processo de cura terapêutica seria nesta direção. O centro irradiador desta dimensão era a America do sul e a Amazônia que representam o chacra cardíaco do planeta tanto pela sua forma, tanto pela floresta que respira e é o pulmão do mundo Todos os processos de desenvolvimento humano fariam parte do processo de limpeza deste centro e que com isto a humanidade entraria para uma consciência global verdadeira e poderia assim participar da confederação dos os seres da Galáxia. Fiquei perplexo com o sonho e no dia seguinte comentei com Bert Hellinger e ele comentou:- bem este sonho também poderia ser meu...e sorriu.

Com este relato Regis falou da importância do método das constelações como liberatório dos destinos familiares que não respeitaram as ordens do amor e temos a oportunidade de sanar estes destinos recolocando uma ordem natural o nosso ser.

 Tarso Firace falou da ABC sistemas e da importância de se fazer um site interamericano livre, aonde todos os grupos, associações de consteladores e formadores de profissionais pudessem se intercomunicar e colocarem seus anúncios, textos, noticia como uma forma de comunicação aberta a todos.

 Carola Castillo fez uma retrospectiva de seu processo como consteladora uma da primeira na America Latina vindo da Colômbia.

 Folders de divulgação de formações e seminários